O que considerar antes de abrir um negócio

17/04/2019


Abaixo, alguns questionamentos que precisam ser feitos por qualquer pessoa antes de partir para a abertura do próprio negócio - sonho de muita gente:

SERÁ MESMO QUE DEVO ABRIR?
Até a pessoa mais corajosa e otimista do mundo deve fazer essa pergunta. Por isso, não fique achando que não é normal isso.

O importante dessa questão é lembrar que não é só dar o start, mas conseguir manter o negócio existindo. Infelizmente, é bem comum as pessoas não pensarem nesse "detalhe" que é justamente a parte mais intensa do empreendedorismo.

EMPREENDER NÃO É APENAS COMEÇAR O NEGÓCIO
Às vezes, as pessoas acreditam que empreender é só dar início ao negócio, e isso é apenas uma parte. A ação mais difícil é depois que você começou, que depende muito de encontrar um jeito de manter o negócio vivo, funcionando e achar um real mercado para ele.

Abaixo, algumas considerações fundamentais que as pessoas muitas vezes esquecem e que podem ajudar a perceber se vale mesmo a pena encarar a jornada:

1 – QUANTO CUSTARÁ PARA MANTER
Qual é entrada de receita que você precisar ter para o negócio se pagar? Isso é importante para saber qual é a meta a ser atingida para o negócio poder existir. Você precisa dar a largada tendo um objetivo em mente, as vezes ao se dar conta desse ponto a ser atingido, as pessoas percebem o quão difícil é alcançá-lo do jeito que estão construindo e assim fazem ajustes ou até mudam os planos.

 

2 – QUANTO VOU SUPORTAR
É muito raro na largada conseguir atingir a meta acima, então, o quanto você pode segurar as pontas até chegar ao ponto de equilíbrio? É bem difícil pensar sobre isso, pois começamos o negócio para dar dinheiro, mas nunca é tão rápido. Os clientes precisam conhecer, você faz ajustes, muitas coisas acontecem até entrar na situação de um fluxo contínuo que paga as contas. Você deve ter essa consciência clara, quanto pode segurar perdendo?

3 – COM QUEM VOU CONTAR
Quais pessoas estarão de fato se dedicando ao negócio, você precisa saber se tem força suficiente para o negócio ficar de pé. Muitas vezes as pessoas começam pensando que algumas outras poderão ajudar, sem uma conversa clara sobre isso. Assim, acabam sozinhas ou com menos gente do que o necessário e por isso não conseguem vencer. Veja quem de fato estará junto, se você tem quem precisa.

NÃO É QUESTÃO DE APENAS ENTRAR NO JOGO, MAS FICAR LÁ
Essas três ideias ajudam a ter uma noção do que é necessário não só para abrir, mas para ficar no jogo. Às vezes pensando sobre isso você pode tomar melhores decisões sobre começar ou não, como começar, o que não fazer, o que precisa articular antes de decidir... Pensar nisso agora, lhe dará muito mais solidez no que irá fazer.

Adaptado do Administradores.com


Veja também

Os cinco principais desafios da gestão de Recursos Humanos

Os cinco principais desafios da gestão de Recursos Humanos

09/05/2019 - Um dos cursos oferecido na graduação da Faculdade Europeia é o de Recursos Humanos. Por isso, selecionamos alguns dos d...

Faculdade Europeia integra o CONSEMMA

Faculdade Europeia integra o CONSEMMA

01/09/2016 - FACULDADE EUROPEIA DE ADMINISTRAÇÃO E MARKETING JUNTO COM O CONSELHO MUNICIPAL DE JABOATÃO DOS GUARARAPES.   No ...

Campanha focada no MEI durante a pandemia

Campanha focada no MEI durante a pandemia

10/06/2020 - Atingidos pela crise provocada pelo coronavírus, os microempreendedores individuais (MEI) contarão com apoio específico...

Conheça os Nossos Novos Cursos na Área de Negócios

Conheça os Nossos Novos Cursos na Área de Negócios

27/11/2017 - A Faculdade Europeia, localizada em Piedade, no Grande Recife, realiza vestibular no dia 9 de dezembro para os cursos de Administraç&...